Responsabilidade Intergeracional

A atual pandemia agravou um dos principais problemas das sociedades tendencialmente envelhecidas: o isolamento e a depressão na 3ª idade. O problema ganhou uma nova perspetiva, com milhares de idosos a interromper as suas rotinas e atividades sociais para permanecer em casa, potenciando assim o isolamento e a depressão. Em 2015, um estudo publicado na revista científica PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences) afirmava que solidão e o isolamento social podem aumentar o risco de doenças cardíacas em 29% e o de acidentes vasculares em até 32%.

Considerando a vulnerabilidade dos idosos perante a doença covid-19, que tem efetivamente provocado efeitos mais adversos e uma maior taxa de mortalidade, foram várias as medidas de afastamento e isolamento social direcionadas para as faixas etárias mais elevadas, sobretudo nas Estruturas Residenciais Para Idosos (Lares). Facilmente compreendemos a razão primordial: a proteção da sua saúde. No início, todos nós considerávamos que esta situação seria temporária e excecional. Hoje sabemos que está para durar.

Não digo que devemos facilitar nas medidas de proteção, mas acredito que temos de criar mais e melhores alternativas que diminuam este flagelo, conscientes que a vida social é uma parte fundamental para o bem-estar e felicidade destas pessoas.

É nossa obrigação enquanto sociedade desenvolvida e solidária. Proteger é também viver.

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.